Instituições Públicas de Ensino ampliam parceria

25/09/2017

           


AMPLIAÇÃO DE PARCERIA ENTRE CEDERJ ITAOCARA E IFF PÁDUA

 

Na tarde dessa sexta-feira, 22, na sede do Campus Santo Antônio de Pádua, Instituto Federal Fluminense (IFF), aconteceu reunião entre o Prof. Anselmo Biasse, Diretor do Polo Regional de Itaocara e Arthur Rezende da Silva, Diretor Geral do IFF de Santo Antônio de Pádua, acompanhado dos Servidores Frederico Santiago Lima e de Wilton do Amaral André, Coordenador de Assistência Estudantil e Coordenador de Patrimônio e Contabilidade do campus, respectivamente.

O Prof. Anselmo Biasse está visitando as instituições de ensino, inicialmente as públicas da região, com apoio da Prefeitura Municipal de Itaocara com objetivo de estreitar os laços de cooperação, podendo desenvolver um intercâmbio entre as instituições, conectando iniciativas, além da possibilidade de promoção de debates com uma agenda comum que reúna academia, sociedade civil organizada e o poder público.

De acordo Arthur Rezende, a relação entre as instituições pode favorecer a implantação de projetos que resultarão no desenvolvimento dos municípios e aceitou em participar dessa parceria. “Essa parceria com o CEDERJ já ocorre por meio da ação dos estagiários da graduação em administração pública no campus Santo Antônio de Pádua e queremos ampliá-la. É um anseio de nossa comunidade do IFF promover um espaço de diálogo, que poderia ser por meio de um Fórum institucionalizado, o que potencializaria possibilidades de colaboração para o desenvolvimento econômico, social e ambiental da região a partir de um diálogo franco, transparente e aberto a todos que queiram participar através de câmaras setoriais e eventos”. constata.

Esse intercâmbio de experiências é tido como proveitoso por todos envolvidos. Quando instituições de ensino e poder público se unem, os benefícios podem se multiplicar e contemplar a população.

 

O professor doutor Anselmo Biasse defende essa parceria. Segundo ele, tal colaboração mútua ajuda no desenvolvimento da região. “A união entre os recursos humanos disponíveis nas instituições de ensino e profissionais pode contribuir enormemente para o desenvolvimento dos municípios. Mas, além disso, também pode oferecer à sociedade melhores condições”, avalia.